domingo, 16 de outubro de 2011

"Celebridade não é sinal de onipotência"

Uma celebridade morre! Um homem inteligente...
Seu discurso: “Mas em algum dia não muito distante vocês gradualmente vão se tornando velhos e serão descartados. Desculpem que seja tão dramático, mas é a verdade. O tempo de vida de vocês é limitado, portanto não o desperdicem vivendo a vida de outrem. Não se deixem prender por dogmas, que é viver com os resultados do pensar de outros. Não permitam que o ruído das opiniões alheias afoguem a voz interior de vocês, e, mais importante, tenham a coragem de seguir seu próprio coração e intuição. Eles de alguma maneira sabem no que vocês realmente querem se tornar. Tudo o mais é secundário”, disse ele. “Mantenham-se famintos. Mantenham-se moleques”, terminou Jobs antes de ser aplaudido". Com o discurso de Steve Jobs, fica bem evidente como nossa existência aqui na terra é passageira. Tiago cap. 1 verc. 9 Mas o irmão de condição humilde glorie-se na sua exaltação, 10 e o rico no seu abatimento; porque ele passará como a flor da erva. 11 Pois o sol se levanta em seu ardor e faz secar a erva; a sua flor cai e a beleza do seu aspecto perece; assim murchará também o rico em seus caminhos. Deus nos guarde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário