sexta-feira, 23 de outubro de 2015


                                                                              CRISE



O que temos que ver com a crise? Somos responsáveis por ela? Por quê essa crise deve nos afetar? O povo da nossa nação merece passar por essa crise? Por quê os governos do mundo e de nosso país têm participação no processo e sua manifestação? O problema não se encontra no homem de forma particular, mas no coletivo das nossas crenças e nossas ações. A possibilidade de sairmos dela é o que mais interessante do ponto de vista das nossas expectativas de agora ou longo prazo...
Que o nosso plano para o futuro faça que rejeitamos o prolongamento da tal crise, embora saibamos que de nada adianta as nossas ações se não estiver voltada para a consecução da sobriedade e solidariedade com nossa comunidade, irmandade e familiar.
No ditado popular; o povo tem o governo que merece. Nesse caso se invertermos a sentença, O Governo Merece Seus Súditos Que Conquistou!
Para mim, os reinos do mundo são reinos dos membros que o lideram...
Por isso a Crise afetam os reinos e afetam os membros. Podemos está dentro dela, [ crise ] ou não, depende de qual rei servimos! Disse o Meu Rei!


O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui. João 18:36 


Contentamos com o que temos e aí não sofreremos a tal crise, mesmo que venham solapar os nossos minguo recursos, ou que traga desesperança quanto ao que havemos de possuir, pois nosso desejo sempre vai nos conduzir para Um Governo, onde não se conhece escassez e nem sofrerá sublevação.

Crise, que crise?

Não estou enxergando!

Colaborando com ela, muito menos;

Debelando-a, talvez!

Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo. João 12:31