quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Irmão o senhor já deve ter sido um crente em relação a validade do sábado para os nossos dias.
Peço à Deus irmão, que não tenha sido enganado por satanás, ele é astuto, pronto em parafrasear a Bíblia.
Se tirarmos o Sábado da Bíblia, onde é que Ele será encontrado no Alcorão? Acho que não, pois não sou muito estudioso ou sábio, mas se não me engano eles (os mulçumanos) escolheram a sexta-feira, como dia santo.
É no catolicismo católico? Lógico que não! Os católicos escolheram o domingo. E nós irmãos? Devemos santificar qual dia? Irmão o evangelho começou no Éden, pense nisso! O governo de Deus é eterno! Ou somos súdito de um Rei eterno ou escravo de um tirano que muda suas leis conforme a conveniência, para agradar os incautos e depois menospreza-los. Lembre-se meu irmão, e isso falo com amor fraternal, mais uma vez lembre-se, lembra da primeira palavra do quarto mandamento, Deus é Santo e seus mandamentos são Santos. O Inimigo foi quem plantou a semente da dúvida, e isso a parti do Éden; o irmão está colaborando com o mesmo. O irmão ainda acha que é gentio, não se transformou ainda em um Israel de Deus? Pense irmão, não são os ensinos da IASD, que são falhos, poder ser até que são; mas na verdade, são os maus exemplos, com a verdade que pregam que está nos deixando perplexo. Somos o Israel de Deus, acima de tudo. Sendo assim irmão éramos sem Leis, mas agora temos os ditames das Leis em nossos corações e mentes, não é assim que o livro de Hebreus 8:10 fala... Não sei se foi Paulo quem escreveu Hebreus; o senhor deve saber melhor. Terminando oro para que o irmão não me crucifique, nem ao Sábado. Temos que o defender com todas as nossas forças, assim como o direito de sermos hétoro, mas não heterodoxo!

Gilberto G. Oliveira
Obrigado!